domingo, 30 de julho de 2017

Lua pequena

A lua na mão da menina
Não que ela é pequena
É o que a ciência ensina

É só em perspectiva
Só serve para entreter
Coisa imaginativa 

Porém ao poeta que vê 
Isso diz quase nada
Só da fase do porquê 

Escolhe outra mirada
Outra forma de dizer:

A menina aqui
A lua lá
Nem perto aqui
Nem longe lá

É coisa de ilusão 
Isso que só parece

É a lua encolhendo
Enquanto a menina cresce

Põe essa lua no bolso
Leva São Jorge e o dragão
Vai fazer um chaveiro
E grudar no coração.


Nenhum comentário:

Postar um comentário